6 passos para a retomada das empresas no pós-crise - Menezes Assessoria Consultoria Contábil e Tributária

6 passos para a retomada das empresas no pós-crise

  • setembro 14, 2020

Com a pandemia do novo coronavírus, a necessidade do isolamento social e as instabilidades políticas, o país sofreu uma forte crise econômica, e empresas de diversos setores ainda estão em processo de recuperação. Você acha que sua empresa já está preparada para a retomada no pós-crise?

Esse período de “retornar” traz uma série de desafios diferentes a depender do segmento da empresa, visto que esse fator influenciou bastante as finanças de cada uma. Os e-commerces ou os restaurantes que possuem delivery não sofreram tantas alterações em sua rotina, por exemplo, como empresas que funcionavam apenas em espaço físico.

Entretanto, independentemente do segmento ou tamanho das empresas, muitas precisaram se adaptar de alguma forma a esse período tão difícil de pandemia – que alterou a rotina de diversas pessoas, a vida de tantas famílias, os empregos e as carreiras de profissionais, e a economia do país e do mundo. Por mais que se fale em “novo normal”, a verdade é que esse período nunca foi vivenciado antes, então é importante se atentar a algumas atitudes essenciais para retomar de forma mais assertiva e eficaz.

Ao longo desse conteúdo, você vai poder conferir 6 passos para realizar a retomada da sua empresa no pós-crise, a fim de te ajudar a aumentar os lucros e expandir suas oportunidades. Acompanhe a leitura com a gente!

 

1.Elabore uma análise do cenário atual

O primeiro passo é, sem dúvidas, avaliar a situação da sua empresa e do mercado agora. Vale pesquisar tanto assuntos referentes à economia do país e do mundo quanto ao segmento da sua empresa.

É fundamental analisar como estão as finanças da sua empresa e realizar um diagnóstico aprofundado sobre o que precisa ser feito, a fim de mapear tudo o que precisa ser feito para evitar possíveis problemas, multas ou os temidos prejuízos financeiros.

Por mais que esse momento possa envolver diversos detalhes e etapas, ele pode ajudar você a economizar tempo e dinheiro a longo prazo, além de preservar a boa imagem da sua empresa e manter a credibilidade com os clientes.

 

2.Faça uma pesquisa sobre a concorrência

Ao saber qual é o segmento e nicho da sua empresa, é recomendável pesquisar o que os seus concorrentes estão fazendo tanto em ações online quanto offline. Ainda mais em um período de crise econômica, descobrir novas possibilidades é crucial para analisar as possíveis perspectivas de retomada.

Fazer isso também pode contribuir na busca por melhorias no relacionamento com os clientes e na definição de diferenciais para a sua empresa, facilitando o processo de se destacar perante à concorrência e atrair mais engajamento com o público.

 

3.Realize um planejamento estratégico

Depois de organizar as informações, avaliar o atual cenário e pesquisar mais sobre a concorrência e o mercado em geral, é importante planejar as ações a serem realizadas para definir os próximos passos com mais assertividade. 

Por mais que a pandemia do novo coronavírus tenha feito muitos empresários alterarem muitos pontos em seu planejamento do ano, você não precisa mudar tudo o que planejou: é necessário analisar o que estava em seus planos, adaptar suas estratégias e inovar nos processos com as ferramentas disponíveis.

É importante ter em mente que o planejamento vai servir como uma base, então ele não serve para dificultar sua rotina, mas para guiar suas decisões. Por isso, é necessário planejar sempre com base em dados e pesquisa, definindo objetivos assertivos e realizando ações com o devido monitoramento para identificar o que precisa ser modificado.

O momento de planejamento também serve para avaliar o que é possível fazer com o atual orçamento da empresa, para evitar desperdícios financeiros ou falhas desnecessários.

 

4.Defina metas específicas e palpáveis

Muitos profissionais e empresários estão pensando em “compensar” o tempo perdido, mas isso não deve ser visto dessa forma. É indicado coletar a maior quantidade de dados que você puder para reunir aprendizados e pensar na retomada como um momento de adaptar suas estratégias da melhor forma para alcançar as metas definidas.

Vale lembrar que as metas também precisam passar por uma adaptação, afinal, o cenário mudou completamente no país e no mundo: os profissionais precisaram aprender novas competências, o mercado passou por diversas inovações, e o comportamento do consumidor também: é essencial ficar por dentro das tendências e avaliar onde sua empresa se encaixa de forma mais coerente e eficaz com o seu público.

Após entender as forças e fraquezas atuais do seu negócio, você pode se reunir com a sua equipe para analisar as informações obtidas e avaliar quais metas devem ser estabelecidas para suprir as dores da empresa e reverter esse quadro.

 

5.Monitore os resultados de cada processo

Além de pensar em metas realizáveis e com um propósito estabelecido, é de extrema necessidade acompanhar de perto cada resultado alcançado.

Realizar o devido monitoramento ajuda você a entender melhor os processos da sua empresa, quais estratégias geram retornos positivos e quais devem ser alteradas.

Essa revisão deve ser feita com uma determinada frequência para evitar falhas ao longo dos fluxos, garantir mais eficácia com as estratégias escolhidas, analisar os próximos passos e reduzir os prejuízos da empresa.

 

6.Mantenha uma comunicação transparente

Outra forma de se preparar para uma retomada mais assertiva é tornando a comunicação mais clara e transparente possível.

Promover treinamentos e celebrar pequenas conquistas pode ajudar bastante na integração da equipe, mas também é preciso oferecer feedbacks individuais frequentemente, mostrar os dados de monitoramento ao time, se mostrar disponível para ajudar, investir em um sistema de automação de processos, convidar os colaboradores a participarem das reuniões de planejamento e utilizar ferramentas tecnológicas que facilitem o contato entre gestão e equipe de forma mais prática.

E aí, que tal se preparar para utilizar essas dicas na prática da sua organização? Cada uma dessas etapas é de extrema importância para colocar os planos de ação do pós-crise em prática e, assim, obter mais sucesso com suas estratégias. Esperamos que nossas dicas ajudem você a alavancar seus resultados. 

Continue de olho em nosso blog para conferir conteúdos sobre gestão de negócios, dicas de marketing, contabilidade e tecnologia. Acesse também as novidades por meio das redes sociais: Facebook, Linkedin e Instagram.